CachaçaConheça os principais tipos de cachaça

O Brasil é famoso internacionalmente conhecido pela produção de diversos produtos que já se tornaram a cara do país, mas nenhum é tão brasileiro quanto a cachaça. Tipos de cachaça.

A história da cachaça se mistura com a nossa colonização e a bebida ganhou fama e começou a ser produzida logo com a instalação dos primeiros engenhos no Nordeste. Conheça os principais tipos de cachaça e não deixe de experimentar essa bebida que é a cara do Brasil!

Como surge a cachaça?

Se você quer conhecer os principais tipos de cachaça, não pode deixar de conferir como essa bebida tão famosa no país surgiu e se popularizou, se tornando um dos principais produtos de exportação até os dias de hoje.

A história da cachaça se confunde com o início da civilização no país. Logo nos primeiros engenhos que começaram a ser instalados primeiro nos estados do Nordeste, a bebida surge de forma acidental e inesperada.

Naquela época os engenhos eram bastante rudimentares e, assim, foi graças ao calor do estado de Pernambuco que a primeira cachaça surgiu. Quando o caldo grosso da cana que era usado para fabricação de açúcar foi esquecido em um vasilhame e acabou fermentando.

A fermentação do caldo de cana gera uma substância chamada de vinho da cachaça, que é o produto que é levado à destilação no alambique. No entanto, como a fermentação foi acidental, o processo de destilação se deu quando o líquido evapora e se condensa no teto do engenho.

Assim, as gotas de cachaça caíram sobre as pessoas que estavam no engenho e que passaram a descobrir que ali tinha sido criada uma bebida alcoólica que poderia ser produzida artesanalmente e que possuía alto valor comercial. Veja os tipos de cachaça!

Tipos de cachaça

A partir da invenção da cachaça brasileira, que foi a primeira bebida desenvolvida nas Américas, a produção se popularizou por todo o país. Em pouco tempo a produção de cachaça estava onde havia cana-de-açúcar e vários estados passaram a ser produtores da bebida.

Alguns estados, mesmo sem tradição no plantio de cana, se tornaram produtores artesanais de cachaça, como é o caso de Minas Gerais, responsável por rótulos mais famosos do tipo importação.

O que nem todos sabem é que existem no mercado diversos tipos de cachaça diferentes, produzidas e envelhecidas sob processos diferenciados em produções industriais ou artesanais.

Veja os tipos mais famosos e as características de cada um deles:

  • Cachaça prata

A cachaça prata é o tipo mais comum de ser encontrado engarrafado, a cachaça transparente, também chamada de cachaça branca. Essa cachaça não passa por processo de envelhecimento em barris. Após a destilação, ela é colocada em recipientes de aço inox somente para a padronização e já é levada para o engarrafamento.

Mas também existem tipos de cachaça branca que podem ser envelhecidas por algum tempo, mas em madeiras que não modifiquem a coloração da bebida.

A principal característica da cachaça prata é manter aroma e sabor o mais próximo possível da cana.

  • Cachaça envelhecida

Alguns dos tipos de cachaça que figuram entre os mais famosos são as envelhecidas. O envelhecimento acontece em tonéis de madeiras de tipos diferentes e que influenciam muito no aroma e na coloração da cachaça.

Ao menos metade do conteúdo da cachaça vendida precisa ter sido envelhecida por ao menos um ano para que ela seja considerada uma cachaça envelhecida.

Ao que tudo indica, a cachaça do tipo envelhecida surgiu com o transporte da cachaça branca feita em Paraty para a cidade de Diamantina, em Minas Gerais. Como o transporte levava mais de quarenta dias, essa cachaça era consumida mais velha e essa característica passou a ser reproduzida na fabricação de cachaça em Minas.

A cidade de Salinas é uma das mais famosas por produzir cachaça com dez anos de envelhecimento, uma das mais caras do país. Uma garrafa chega a custar até quinhentos reais.tipos de cachaça

  • Cachaça amarela

Essa cachaça também é chamada de cachaça ouro ou cachaça de barril e ganha essa coloração devido ao processo de envelhecimento que é feito em barris de madeira que cedem a cor e o aroma à bebida.

Nos primeiros anos de fabricação da cachaça, a única madeira utilizada era o carvalho. Com o tempo, outras madeiras como o bálsamo também passaram a fazer parte do processo de envelhecimento da cachaça brasileira, sendo essa uma das mais famosas entre todos os tipos de cachaça do país.

  • Cachaça de armazenamento

Ou cachaça armazenada é a que não chega a ser envelhecida, mas fica armazenada por até cinco meses. Esse processo garante uma coloração um pouco mais amarelada do que a da cachaça transparente, mas não chega a ser amarela.

  • Industrializada

Essas são as cachaças que mais encontramos em supermercados, fabricadas em escala industrial para venda em garrafas transparentes e com menor custo.

Em geral, são produzidas a partir de cana plantadas em larga escala e colhida com máquinas, ao contrário das artesanais que costumam ser feitas a partir de plantações menores e colhidas manualmente em terrenos com características específicas.tipos de cachaça

Um item importante é que esse tipo de cachaça, em geral, leva produtos químicos no processo de fermentação, o que empobrece seu valor como bebida requintada. Assim, o aproveitamento da cana é maior, mas os danos ao organismo também podem ser, já que nenhuma parte de toxinas é retirada.

A cachaça industrial é branca, mas nem toda cachaça branca é do tipo industrializada. Existem diversos tipos de cachaça prata que são feitos sob processos artesanais e oferecem alta qualidade e excelente valor de mercado.

Existem ainda outros tipos de cachaça, como as destiladas, que passam por mais de um processo de destilação, as artesanais, as cachaças do tipo premium, que destacam as características como aroma ou cor da bebida.

Assim, não importa o seu tipo preferido de cachaça, o que interessa é experimentar e passar a ser um conhecedor das melhores marcas da bebida dentro dos vários tipos existentes. Confira ainda todos os tipos de cachaça produzidos no Brasil que se tornaram produtos de exportação!

×