CachaçaGuia Completo Da Cachaça Seleta

https://www.cachacadesabor.com.br/wp-content/uploads/2021/09/Guia-Completo-Da-Cachaca-Seleta-5.jpg

Muito provavelmente você já passou pelas prateleiras do mercado e viu uma Cachaça Seleta. É uma das marcas mais tradicionais desta bebida clássica e tem qualidade assegurada.

Apreciada por muitas pessoas – do Brasil e do mundo – essa marca tem mais de 40 anos de história e coleciona selos e feedbacks positivos. Conhecer um pouco de sua história é entender o motivo de sua qualidade.

Conheça um pouco mais da história da cachaça no Brasil e, também, um pouco mais da marca Seleta, empresa que vem fazendo história no ramo dessa bebida alcoólica tão tradicional no nosso país.

Cachaça Seleta

Cachaça Seleta: entenda um pouco da história do tipo de bebida

Antes de falarmos um pouco sobre a Cachaça Seleta, é importante falarmos sobre essa bebida em si. É quase impossível encontrar alguém no Brasil que não conheça essa famigerada iguaria.

A cachaça é quase um patrimônio nacional, tendo importância econômica, cultural e social em nosso país. Sua história está intimamente relacionada com o período de colonização no Brasil.

Como você deve se lembrar, a Colônia Portuguesa passou o início do período colonial investindo em atividade açucareira. E, caso você ainda não saiba, a cana de açúcar é matéria base para a produção da cachaça.

Logo no início da “descoberta” do Brasil, em 1502, as primeiras mudinhas de cana de açúcar chegaram no novo território e a partir daí você já deve imaginar o que aconteceu.

O clima e solo brasileiro são ótimos para o desenvolvimento da cana de açúcar. O número de engenhos cresceu rapidamente no Brasil e a produção era o carro forte.

A bebida acompanhou o ciclo da atividade açucareira no Brasil. De acordo com Luís da Câmara Cascudo, grande historiador do tema, a primeira cachaça no Brasil foi produzida em 1532 na região de São Vicente, interior de São Paulo.

Com a expansão dos engenhos houve a expansão da bebida também! Passou de São Paulo para Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco e assim por diante.

Claro que, na época, a bebida não tinha todo o preparo da Cachaça Seleta, por exemplo, mas já era a base da cachaça.

Em pouco tempo começou a se tornar a queridinha de todos e isso acabou preocupando a Coroa Portuguesa, que em 1949 resolveu proibir sua produção. O motivo? As vendas de vinho caíram consideravelmente.

Outro motivo apontado na época era em relação aos escravos. Muitos temiam que esse álcool acessível acabasse deixando os escravos mais propensos à rebeldia.

E, de fato, a bebida se tornou um símbolo da independência do país, que reivindicava o fim do colonialismo.

O tempo foi passando e no século XIX veio a leva do Café, com o produto sendo o carro chefe da economia brasileira. A bebida era considerada fina e de elite, o que acabou marginalizando a cachaça.

Mas isso não foi impedimento para que a bebida continuasse sendo consumida em larga escala pelo país.

Depois de muitos anos, a cachaça começou a ganhar a sua devida importância histórica. Nos anos 80 e 90 houve um movimento para trazer valorização à bebida. Hoje, a cachaça é considerada uma iguaria brasileira.

Há ainda quem ache que a cachaça é uma bebida que não merece sua valorização, mas esta iguaria consegue agradar todos os gostos e possui diversas versões.

Há versões extremamente finas e caras da bebida, por exemplo. Não é mais considerada como sendo algo para pessoas de baixa renda, é realmente um patrimônio nacional!

40 anos da Cachaça Seleta

E no meio disso tudo surgiu a Cachaça Seleta, que tem mais de 40 anos de história e é reconhecida com um dos produtos com o melhor custo x benefício do mercado.

É uma marca tradicional, apreciada por muitos brasileiros e quem começou com toda essa tradição foi o salinense Antônio Rodrigues. No ano de 1980 teve a ótima ideia de fundar a marca Seleta, que hoje tanto conhecemos.

São mais de 40 anos de história e a marca ainda vem conquistando apreciadores até hoje. É uma das cachaças mais premiadas do Brasil, com alto índice de vendas.

É uma cachaça artesanal de alambique e não perdeu a sua essência mesmo depois de tanto tempo de produção.

A Cachaça Seleta ainda consegue manter um processo de fabricação artesanal e é isso que a torna tão especial, pois, normalmente, bebidas que são produzidas em grande escala perdem essa característica.

A fermentação leva o que chamamos de fermento caipira e leveduras selvagens. Tudo é feito em alambiques de cobre, o que aumenta ainda mais a produção do produto.

As canas também são cuidadosamente separadas para fazer a cachaça, o que é fundamental para garantir toda a qualidade do produto.

Depois dos primeiros passos, a bebida é armazenada em tonéis e barris de madeira. Costumam ser feitos de espécies como

O tempo de armazenamento depende da linha da Cachaça Seleta, onde cada produto tem as suas características especiais.

Localização

A Cachaça Seleta é feita tradicionalmente em Salinas, no Sertão do Estado de Minas Gerais, mais precisamente na Fazenda Engenho dos Rodrigues.

Salinas é reconhecida como a Capital da cachaça e em 2012 recebeu o selo de Indicação Geográfica por conta das características do solo, localização e clima, características que promovem a qualidade da cana plantada na região.

A cachaça dessa região não ganhou somente o Brasil, mas o mundo todo também. Em todos os lugares do país há cachaça proveniente de Salinas e também há muita exportação da bebida.

Meio ambiente

A preocupação com o meio ambiente faz parte da Cachaça Seleta. As questões ambientais sempre foram parte da empresa, que reutiliza seus resíduos.

O bagaço serve de adubo para a própria plantação e, também, como fonte de geração de energia para promover o vapor na caldeira.

Informações sobre a Seleta

A Cachaça Seleta tem 42% de teor alcoólico, ou seja, é realmente uma bebida com alta porcentagem de álcool.

Ela pode ser muito apreciada em shots, pois é realmente uma bebida de qualidade que irá descer de forma agradável. Mas, claro, também é muito bem vinda em drinks e experiências gastronômicas.

O valor da bebida varia um pouco, mas a média é de R$40,00 o litro. Como você pode ver, o valor é um pouco mais alto do que marcas famosas como 51 ou Velho Barreiro, mas isso se dá por todo o seu processo artesanal.

A Cachaça Seleta é realmente diferenciada e não pode ser comparada com qualquer uma. Não deixa de ser uma experiência e é nítida a diferença de sabor e aroma com as marcas inferiores.

Exportar ou importar

O site da própria Seleta tem uma página para você comprar o produto com o intuito de importar ou exportar.

Você precisa preencher o formulário que se encontra nesta página. Em alguns minutos você preenche o formulário e faz a solicitação.

Tipos de Seleta

A Seleta produz diferentes bebidas, cada qual com seu toque especial. Confira as opções:

  • Seleta Ouro
  • Boazinha
  • Saliboa
  • Seleta Prata
  • Seleta Mix
  • Antônio Rodrigues
  • Seleta Eu garanto

Receita com Cachaça Seleta para o verão

Você pode apreciar a Seleta de diversas maneiras e aqui vai um drink um pouco diferente para você fazer em sua casa:

  • 75ml de Cachaça Seleta Ouro;
  • 100ml de suco de suco de cranberry;
  • 1 pau de canela;
  • 25ml de limão taiti;
  • 25ml de xarope simples de açúcar.

Adicione a Cachaça Seleta em um copo e depois coloque o pauzinho de canela. Deixe descansando por dois minutos para transferir o sabor. Acrescente o suco de Cramberry, o xarope e o suco de limão.

Depois você pode completar com gelo e pronto! Um drink super refrescante para você aproveitar um dia bem quente. E, claro, você também pode aumentar essa quantidade é fazer uma jarra logo de uma vez.

Receita para os dias frios

Que tal uma receita para os dias mais frios também? Um chocolate quente com cachaça:

  • 25 ml de Cachaça Seleta Prata;
  • 3 doses de leite;
  • 1 colheres de doce de leite;
  • 50 ml de creme de leite;
  • 1 canela a gosto.

Coloque em uma panela o doce de leite, a canela e o leite. Em fogo baixo, mexa bem até diluir tudo. Depois, coloque em uma coqueteleira o creme de leite, a mistura de doce de leite e a cachaça.

Coloque em um copo e, se gostar de canela, pode polvilhar um pouco por cima.

Cachaça Seleta

Beba com moderação

Bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação e nunca quando a pessoa está dirigindo. Aprecie a Cachaça Seleta e com certeza você terá bons momentos com ela!

Como a Cachaça tem alto teor alcoólico, uma dose acaba sendo relativamente forte, então evite consumir como se você estivesse tomando cerveja (com teor alcoólico próximo de 4%, ou seja, muito menor).

Experimente todas as variações de Cachaça Seleta, com certeza você irá se apaixonar por todas. Quer saber mais? Acesse o site oficial da Seleta.

×