CachaçaJambu cachaça: saiba mais sobre essa bebida

https://www.cachacadesabor.com.br/wp-content/uploads/2021/07/cachaca-de-jambu_00003.jpg

Quem nunca ouviu falar em cachaça de jambu não sabe o que está perdendo! Esse não é só mais um dos sabores diversos de cachaça que são produzidos ao longo do território do país, mas uma bebida que já se tornou típica e hoje vamos falar da jambu cachaça!

Saiba mais sobre a cachaça de jambu e não deixe de apreciar esse item incrível de uma das bebidas mais brasileiras que existem!

Jambu cachaça: o que é

O jambu é uma planta típica do Pará e de algumas regiões específicas do norte do país! Embora a cachaça tenha sido produzida inicialmente por acidente no estado de Pernambuco e sua produção tenha se espalhado com os engenhos de cana, foi no norte do Brasil que a pinga de jambu passou a ser produzida!

A jambu cachaça é somente um dos produtos feitos a partir dessa erva que possui importância fundamental para o local e que já é exportada para fora do país e vendida para todas as regiões do Brasil.

O jambu também é chamado de agrião do Pará, devido à semelhança com o vegetal, mas somente na aparência! É utilizado no norte do Brasil para saladas e molhos e é fundamental para o cozimento do tacacá, comida típica do Pará!

Além da produção de alimentos, o jambu possui muitas propriedades medicinais, entre elas o poder analgésico, que fez com que a erva ficasse conhecida no mundo das plantas medicinais.

Outras propriedades do jambu

Quem já ouviu falar em jambu  nem desconfia de todas as propriedades que essa erva possui e que são aproveitadas pela população da região, mas que também tornam o jambu mais conhecido em todo país a cada dia!

Outras propriedades conhecidas e comprovadas do jambu são:

  • antifúngico
  • antiviral
  • antisséptico
  • anestésico
  • analgésico
  • diurético
  • antioxidante

 

E quem já mastigou a folha de jambu ou consumiu algum produto feito a partir da erva sabe que seu poder analgésico e anestésico não é invenção! A sensação de anestesia que o jambu pode conferir é imediata e se deve a uma substância chamada espilantol, que existe nas folhas do jambu.

Assim, o jambu é usado na medicina tradicional paraense para diversos fins, como para tratar infecções leves causadas por alguns fungos e viroses, para dores de garganta e de dentes graças ao seu poder analgésico e ainda para tosses e herpes locais.

Mas a maior propriedade e que faz com que o jambu seja conhecido em todo o Brasil é seu poder afrodisíaco! Isso porque ele ajuda a elevar os níveis de testosterona masculinos, fortalecendo ainda o sistema imunológico.

Essa propriedade fez com que o jambu passasse a ser utilizado em diversos produtos íntimos, como lubrificantes afrodisíacos e seu consumo passasse a ser visto com interesse em todo o país!

Cachaça de jambu

Mas e quanto à cachaça jambu? Como essa bebida tão interessante passou a ser produzida? Conheça a história da cachaça de jambu e como ela se tornou uma bebida do tipo exportação!

A cachaça é somente o produto que resulta da destilação da cana-de-açúcar e ela pode ser feita utilizando em sua composição diversos outros produtos e ervas que servem para aromatizar e saborizar as cachaças.

Embora a bebida tradicional seja a mais consumida, há muitas décadas são vendidas e ficaram famosas outras cachaças além da pura, como a pinga de banana, de canela e a já consolidada cachaça de jambu.

Como o jambu é anestésico, a bebida feita com essa erva, também possui essa propriedade, portanto, quem experimenta sente os lábios e a língua tremerem suavemente e ficam anestesiados por um tempo.

Esse fato deixou a cachaça de jambu muito famosa e conhecida também como potente afrodisíaco! Quem já se rendeu aos encantos da bebida não se arrepende e toda essa fama está fazendo da cachaça de jambu uma das variedades mais conhecidas do Brasil!

Como é feita essa cachaça

A cachaça de jambu não é feita exclusivamente da erva, ao contrário do que muitos imaginam, mas um composto da cachaça tradicional feita de cana-de-açúcar com o jambu, acrescentado em forma de essência.

Alguns especialistas em cachaças criticam as composições que são chamadas pelo mesmo nome, alegando que a cachaça é o produto exclusivo da cana. Mas polêmico ou não, o fato é que a cachaça de jambu se tornou conhecida com esse nome e fica cada vez mais famosa!

A mesma foi produzida pela primeira vez de forma mais aprimorada no boteco Meu Garoto, tradicional no Pará! O local já era famoso por produzir bebidas compostas com cachaça, entre elas composições de baunilha, canela, cravinho e outras plantas amazônicas.

Não deu outra! Os testes feitos com jambu renderam uma fama que a planta já possuía e que, assim como a cachaça, se espalharam por todo o Brasil!

Propriedades dessa frutinha

A planta toda é utilizada na composição com a cachaça, desde a raiz, o que confere a essa pinga qualidades peculiares graças ao jambu. Assim, essa frutinha se tornou conhecida como anestésico divertido e como potente afrodisíaco para as festas onde é servida!

Embora pareça simples, produzir a cachaça de jambu rendeu mais de dois anos de pesquisas e testes. A ideia inicial era produzir uma bebida tradicional do Brasil com ares de produto amazônico e o uso do jambu foi essencial para dar esse ar à bebida!

O mercado adorou a mistura entre jambu e cachaça e atualmente a cachaça de jambu faz parte dos mais de quatro mil tipos de cachaça que já existem em nosso país e que ajudam a contar a nossa história.

Mas quem pensa que a jambu cachaça pode ser bebida de qualquer jeito está muito enganado! Seu consumo conta com todo um ritual: o ideal é deixar a bebida sobre a língua antes de engolir e ir passando a pinga de jambu por toda a boca! Só assim seu poder anestésico afrodisíaco pode ser completamente aproveitado!

×